Sobre a loja

A Livraria Kondo possui o acervo mais completo de obras do autor André Kondo, bem como todo o catálogo da Telucazu Edições.

O infindável museu das coisas efêmeras - Éder Rodrigues

Clique no botão ao lado para assistir o video relacionado ao produto.

Assistir Video

O infindável museu das coisas efêmeras - Éder Rodrigues

Código: GKE7XRHPQ Marca:
R$ 39,00
até 9x de R$ 5,00
Comprar Estoque: 2 dias úteis
    • 1x de R$ 39,00 sem juros
    • 2x de R$ 20,37
    • 3x de R$ 13,78
    • 4x de R$ 10,48
    • 5x de R$ 8,51
    • 6x de R$ 7,19
    • 7x de R$ 6,25
    • 8x de R$ 5,55
    • 9x de R$ 5,00
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

A Telucazu Edições agradece a todos/as os/as leitores/as que contribuíram para o sucesso deste livro,  esgotando a primeira tiragem em tão pouco tempo. Os novos pedidos, já da segunda tiragem, seguem a partir do dia 11/02. Continuemos a celebrar a poesia, a literatura e esta obra que muito tem nos emocionado.

 

 

Título: O infindável museu das coisas efêmeras

Autor: Éder Rodrigues

Ilustrador: Cláudio Zarco

Gênero literário: Poesia

Ano da 1.ª edição: 2020

Formato: 16 X 23 cm

Número de páginas: 128

ISBN: 978-65-86928-14-3

 

Sobre o livro:

Este museu foi criado para abrigar a efemeridade das coisas, ainda que o ato de reter o inapreensível desafie a nossa própria existência. O ofício de reunir, conservar e expor foi seguido à risca. Já a maneira de concretizá-lo, não.

Tudo que nele habita, só existe quando desaparece. Ao serem tocadas, as peças do acervo se desmancham. O seu patrimônio mora justamente na errância de capturar o incapturável, de “eternizar” o que se dissipa por essência e sem o menor esforço.

Nunca será tombado porque é feito da queda, da impossível junção dos cacos, da pungência das coisas que não perduram. Presentificar aquilo que existe somente quando não está, passa longe de ser uma tarefa simples. Por isso, esta cartografia de impermanências, finitudes e ausências onde abandonamos as asas para empalhar a densidade e a leveza do próprio voo.

O museu oferece múltiplas narrativas, itinerários e sopros. Não há nenhum problema em se perder pelas remotas galerias de si. Dentro dele, as coisas nunca estarão no mesmo lugar de antes. A sombra das obras expostas vale mais que suas supostas presenças. O que se mostra frágil é apenas um reflexo do que parece.

Este museu surgiu para preservar a natureza efêmera de tudo aquilo que, por não criar essa casca apelidada de memória, deixa de cicatrizar na gente.

Todo cuidado é pouco. Toda beleza é muito.

 

Sobre o autor:

Éder Rodrigues é poeta, contista e dramaturgo. Mineiro radicado na Bahia, possui uma carreira premiada e se dedica à arte da escrita há mais de quinze anos. 

O seu trabalho ganhou projeção após receber o Prêmio Josué Guimarães de Literatura (2009) que proporcionou a difusão da sua obra em países como Espanha e Portugal. Recebeu também o Prêmio OFF FLIP de Literatura (2017 e 2014), o Prêmio Carlos Drummond de Andrade de Poesia SESC/DF (2011 e 2010), o Prêmio FEMUP e o Prêmio Funarte de Criação Literária (2014 e 2010), dentre outras premiações importantes do circuito nacional de festivais e feiras literárias, do qual participa ativamente. 

Pela autoria do seu último livro Três Vírgula Quatro Graus na Escala Richter foi finalista do Prêmio Guarulhos de Literatura 2019.

Além do trabalho expressivo na área da poesia e do conto, é autor de mais de 15 obras do gênero dramático. Recebeu o Prêmio SESC/SATED de Melhor Texto Teatral do Ano 2011 pela autoria da peça A Pequenina América e sua avó $ifrada de escrúpulos, dirigida pela chilena Sara Rojo e que se tornou uma referência da dramaturgia latino-americana contemporânea.

Integra inúmeras antologias e também se dedica à literatura infantojuvenil tendo cinco obras publicadas nesse segmento. Coordena projetos culturais de cunho literário e no âmbito das artes performáticas.

Doutor em Estudos Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais, graduou-se na Faculdade de Belas Artes da UFMG. Atualmente é prof. Adjunto do Centro de Formação em Artes da Universidade Federal do Sul da Bahia.

O Infindável Museu das Coisas Efêmeras é uma obra definitiva no seu percurso e repertório cuja tessitura dos fios sensíveis está entrelaçada de forma incontornável e irreversível.

 

 

 

Produtos relacionados

R$ 39,00
até 9x de R$ 5,00
Comprar Estoque: 2 dias úteis
Sobre a loja

A Livraria Kondo possui o acervo mais completo de obras do autor André Kondo, bem como todo o catálogo da Telucazu Edições.

Social
Pague com
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

Andre Telucazu Kondo - MEI - CNPJ: 18.007.784/0001-45 © Todos os direitos reservados. 2021